quarta-feira, 28 de junho de 2017

Delegado de Açailândia é preso por formação de quadrilha

12507241_1087589067932464_4159841251509691118_n
Foram presos preventivamente, na manhã desta quarta-feira, 29, no município de Açailândia, o delegado da Polícia Civil Thiago Gardon Filippini, a escrivã Silvya Helena Alves, o investigador Glauber Santos da Costa, o carcereiro Mauri Celio da Costa Silva e o advogado Eric Nascimento Carosi. Eles são suspeitos de compor uma organização criminosa e das práticas dos crimes de concussão e corrupção passiva. Os presos já se encontram em São Luís.
Consta nos autos que os envolvidos cobravam dinheiro para livrar cidadãos da prisão em flagrante. Em algumas situações, o conduzido havia sido, de fato, surpreendido cometendo alguma prática ilegal. Em outras, a prisão em flagrante era forjada pelos envolvidos.
A prisão preventiva foi solicitada por meio de parecer da promotora de justiça Camila Gaspar Leite, da Comarca de Açailândia. Decretou a prisão o juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira.
Os envolvidos Thiago Gardon Filippini, Silvya Helena Alves e Glauber Santos da Costa também tiveram suspensos o porte de arma de fogo e o exercício da função pública.
MODUS OPERANDI
Pessoas que estavam em situação de flagrante eram conduzidas até a delegacia pelo investigador Glauber da Costa e pelo carcereiro Mauri Celio Silva. No local, o delegado Thiago Filippini dava ou não a autorização para a cobrança de propina. Quando havia permissão, Silvya Alves e Glauber da Costa contactavam o advogado Eric Carosi, que se apresentava ao conduzido e intermediava o acordo com o delegado. Os valores eram divididos entre os suspeitos do crime.

Prefeitura de Carutapera paga servidores da Educação com um 1/3 de Férias.

imagesA Prefeitura de Carutapera, chega ao meio do ano e nos seis primeiros meses da administração com as finanças sob controle.
Essa ação permitiu que no último sábado (24), a Prefeitura pagasse os salários dos servidores da Administração e Saúde. Os proventos referentes ao mês de Junho, que seriam depositados em conta corrente na próxima sexta-feira (30), foram antecipados  e hoje, quarta – feira já está disponível o pagamento dos servidores da educação com 1/3 de Férias.
Embora a situação de crise financeira que o país atravessa, o que vem prejudicando vários municípios, o prefeito André Dourado disse que honrar com o compromisso que assumiu com os trabalhadores do município é uma meta do seu governo. Para o prefeito, esse ajuste nas contas públicas e o gerenciamento responsável dos recursos públicos, é fruto de uma administração que dará ao cidadão reconhecimento aos seus direitos. O prefeito ainda destacou que os pagamentos, feito pelo município e as antecipações, impulsiona a economia na cidade em tempos de crise econômica e orçamento mais apertado, os pagamentos pode representar um alívio ou uma grana extra para honrar pagamento das despesas extras.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Mandinga grande ! Prefeito de Santa luzia do Paruá manda chamar pra pastor, pra tirar as macumbas da cidade .


Acredite se quiser! Após o desgaste provocado por uma série de denuncias negativas que ecoaram em todo o estado do Maranhão, a Prefeitura de Santa Luzia do Paruá usando elementos pagos com dinheiro público para propagar mídia positiva, segue tentando descaracterizar seus erros e após atribuir levianamente a oposição, agora tenta jogar a culpa em maus espíritos provenientes de trabalhos de umbanda. 
O suposto trabalho descoberto primeiramente por aliados da atual gestão segue sendo motivo de piadas pela cidade, uma das suspeitas em torno da situação é que se trataria de um trabalho supostamente elaborado por membros da própria administração com intuito de persuadir populares à afirmação de que alguém estaria interessado em atrapalhar o atual governo, o que mais causa estranheza é que os itens foram colocados a luz do dia na calçada da prefeitura e o vigilante que deveria estar no local não se manifestou no momento contra o ocorrido o que causa estranheza, outro fator a chamar atenção é que 5 minutos após os itens serem deixados na calçada da prefeitura aliados da atual gestão já estavam divulgando as imagens nas redes sociais com uma rapidez que causa estranheza aos mais espertos. Parece que colocar a culpa na macumba não "colou" muito bem para a atual gestão municipal. De acordo com aliados do prefeito Plácido Holanda o cerimonial de purificação e de expulsão dos maus espíritos deverá ser realizado na tarde desta quarta-feira (28), em frente a Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Paruá.

Polícia Federal deve deflagrar operação para apurar irregularidades na merenda escolar de Santa Luzia do Paruá .

Tentando a todo custo se esquivar das críticas alinhadas ao discurso moralista de que a merenda escolar servida nos pratos da maior parte do alunado luziense é de alta qualidade, a Secretaria Municipal de Educação cometeu uma gafe digna de aplausos. Ao desmentir a distribuição de farofa de sardinha a SEMED confirmou que no dia 16 de junho foi servida farofa de frango industrializado aos alunos tendo uma mamuchinha como complemento. Na tentativa de desvirtualizar a denúncia divulgada por vários canais de noticias do Maranhão, a SEMED acabou sacrificando sua credibilidade ao invés de tentar corrigir as falhas que estão minando a educação luziense nos últimos seis meses. A qualidade da merenda escolar caiu drasticamente no município alinhado a interesses pessoais de terceiros, diga-se de passagem a empresa responsável pela fabricação das mamuchinhas (que viraram a principal merenda de alunos luzienses) é de propriedade do tio do prefeito da cidade. Pra tentar aplacar os ânimos a SEMED tem fornecido merenda escolar de qualidade a escolas tidas como referência no município como a Escola Cleobeto de Oliveira Mesquita todavia o mesmo padrão de merenda não é visto em escolas tidas como medianas no entendimento do órgão. O que mais causa descredito é o fato de membros do conselho da merenda que tanto criticavam a qualidade e os itens do cardápio fornecido nas escolas nos últimos quatro anos se rebaixarem ao ponto de colocarem por terra todo o discurso demagógico aplicado a antiga gestão. Há inúmeras denúncias registradas de pais e de alunos nos últimos 10 dias mostrando que em diversas escolas do município a merenda escolar tem se resumido a 01 mamuchinha e mais nada, deixando inclusive alunos indignados com a situação.
Com a grande repercussão do caso no estado, e após as ameaças do prefeito a mídia que divulgou suas inrregularidades as autoridades já tomaram conhecimento do caso, e como fere diretamente a qualidade da merenda escolar o caso deverá ser investigado pela polícia federal.  

Prefeitura de Zé Doca realiza Audiência Pública para demonstração de Metas Fiscais do primeiro Quadrimestre de 2017


Na manhã desta terça feira ( 27) a Prefeitura de Zé Doca realizou Audiência Pública no prédio da Câmara Municipal para a demonstração das metas fiscais referentes ao primeiro quadrimestre de 2017 conforme o artigo 9º da lei complementar nº 101/2000, da Lei de Responsabilidade Fiscal. 
A prefeita Josinha Cunha, vice Ana Sampaio, Autoridades politicas, secretários municipais e a sociedade em geral participaram do evento.O objetivo foi para mostrar aos cidadãos Zedoquenses o relatório das ações da gestão municipal.
Conforme o executivo, os secretários de Saúde Francisco Lima, Educação Sonia Maria, Obras e Infraestrutura Marcos Sampaio, Administração Egidio Monteiro, Agricultura André Solteiro, Assistência Social Angela Regina, Esporte Cultura e Lazer Gilmar Costa e o contador do Municipio Dilson Oliveira, apresentaram os relatórios com informações detalhadas sobre cada área da gestão municipal.
Em seu discurso a prefeita Josinha  falou da importância do evento. "A audiência além de ser uma prática democrática, também é uma forma de participação e controle popular da administração publica no municipio e Democrático de Direito. Estou feliz em ver várias ações já realizadas por todas as secretarias e isso é apenas o começo.”
A Audiência foi aberta para toda população, uma ação inédita do governo municipal.


Operação da SECCOR,,MA bota na cadeia presidente da câmara de Centro Novo

Vereadores são presos no interior do MA
Vereadores são presos no interior do MA
Uma operação desencadeada na manhã desta terça-feira (27) pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR/MA), prendeu dois vereadores na cidade de Centro Novo do Maranhão, localizada na região Oeste do Estado.
Foram presos o presidente da Câmara Municipal, Sinomar Farias Vieira, e a vereadora Robevânia Maria da Silva. Eles são suspeitos de compra de votos na eleição da Mesa Diretora.
A SECCOR, com o apoio do Gaeco (Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas), realizaram as prisões e busca e apreensão na residência dos parlamentares.
Denúncia
Em maio deste ano, o deputado estadual Raimundo Cutrim ocupou a tribuna da Assembleia para denunciar a compra de votos na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Centro Novo do Maranhão.
Cutrim falou do áudio em que a vereadora Robevânia revela que pegou R$ 40 mil para votar no então candidato à presidência do legislativo.
Detalhes Luís Pablo 

Urgente ; em Centro novo dois vereadores foram presos.

Segundo informações que chegam a redação do Blog dois vereadores do município de centro novo foram presos pela Gaeco, uma operação conjunta com apoio da polícia civil e militar da região do alto Turì, vereadores de centro novo foram levados para o ministério público , o blog tá apurando os detalhes e buscando a indenticado de ambos , a qualquer momento mais detalhes .